sábado, 20 de agosto de 2011

Ainda te Amo



Depois de muito tempo
Ainda é em ti que eu penso.
Por mais que eu insista,
Não o tiro da minha vida.

Pronuncio o teu nome repetidamente
Queria muito voltar a te ver
Mesmo que de longe
Para teu rosto não esquecer.

Fico alegre e fico triste
Quando penso no passado
Pois apesar de bons momentos,
Ainda vivo magoado.

Não sei como está o presente
Tampouco como será o futuro.
Mas sei que se algum dia te ver
Não saberei o que fazer.

Três palavras podem explicar
o que sinto por você.
Elas são muito usadas:
Eu Amo Você!

(Dedicado àquele que eu amo: "B")
Autor: Francisco Jardson Pires do Nascimento