terça-feira, 21 de maio de 2013

Fuga



Não vou parar de correr
Tu jamais há de me pegar.
Não me segure, passado!
Não quero mais te amar.

Eu quero fugir
Eu quero sumir
Para você
Não quero existir!

Foi tão forte a punhalada
Que destes no meu peito.
O que ainda queres de mim?
Afinal, o mal já foi feito!

Jardson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Iai o que achou? Dê sua opinião!! :)