sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Saudades...



Saudades que o tempo leva...
Lembranças que ficam na mente...
Perdidos no percurso da Vida!

Autora: Léa Abud

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Medo de voltar a Sofrer



Já derramei muitas lágrimas em vão
Por ter medo de não mais ser amado.
Mas, enfim, prestei atenção
Naqueles que estavam do meu lado.


Meu coração nunca aceitou ser fechado
Pois ele deseja novamente ser amado.
Mas ele não quer mais sofrer...
... sem merecer.


Autor: Francisco Jardson Pires do Nascimento.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

DESVANEIO





Cada vez que penso em ti
desejo tocar teu corpo.
Sinto o coração palpitar
tamanha é a emoção.

Beijar-te num longo beijo.
Sentir teu cheiro.
Guardar-te no coração.

Desperto do desvaneio
com muita solidão.
Oh! Que pena... Doce ilusão!

Desconheço o Autor.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

A Realidade do mundo

A vida como ela é,
Isso sim é filosofar,
No mundo ainda tenho fé ,
De que ele uma dia venha mudar,
E mudar para melhor,
De ser bem menos violento,
E de jamais ter que sentir dó,
De um mundo sangrento.


Essa é a nossa realidade,
Vemos verdade nua e crua,
Vemos pessoas na marginalidade,
O sub-mundo do crime nas ruas,
Onde nem a polícia é mais respeitada,
Pois quem manda é a cachorrada,

Que querem ser tudo e não são nada.

Vejo todos os dias noticiários,
Que dizem que o crime se alastra,
Que teve morte em rebelião feito por presidiários,
Quem dera se Deus mandasse de novo,
Noé e sua bendita arca.


São guerras e mais guerras,
Países já não se respeitam,
Paz mundial cada vez mais se estreita,
Pois cada um só quer seu bem,
E nem se preocupam com outros também,
Outros que deles necessitam,
Esse mesmo outros que neles acreditam.


Aos países mais ricos,
Cabe passar por cima dos pobres,
Saltear e roubá-los,
Enchendo assim os seus cofres,
Se se importar com as necessidades,
Que os paises pobres tem de verdade.


Mas o mundo em sí é perverso,
Ninguém respeita ninguém
Deveriam saber que isso não faz bem,
Mas só faz as coisas piorar,
E mais pessoas viverem,
No mundo sem se amar.


Será quando o mundo vai mudar,
Ou será que será pra sempre assim,
Pessoas tentando fazer o mundo mudar,
E outras só querendo ver o seu fim,
Porém de todas as dúvidas,
tenho uma certeza emfim,
Que Deus vai dar,
Um futuro bom pra mim,
E pra quem mais merecer,
E as vontade dele fazer.


Autora: Gesiel Gomes Oliveira

domingo, 2 de outubro de 2011

Se Eu pudesse Voar



Se eu pudesse voar
iria ver o meu amor
como costumo sonhar.

Se eu pudesse voar
visitaria todos os meus amigos
que são muito queridos.

Se eu pudesse voar
voaria sobre os mares.
Frequentaria diversos lugares.

Se eu pudesse voar
sentiria o abraço da brisa
e o sabor do ar.

Se eu pudesse voar
iria para outro lugar
sempre que eu fosse me irritar

Se eu pudesse voar...
Ah... iria sempre pra perto de ti,
meu amor,
para poder te Amar.

Autor: Francisco Jardson Pires do Nascimento.